Agende agora mesmo
uma avaliação!

Depilação a laser

Como funciona?

Antes de falar sobre o tratamento, vamos entender a diferença entre depilação e epilação?
A epilação trata-se da remoção dos pelos como um todo. A extração ocorre por inteiro, incluindo a parte que fica por baixo da pele, a exemplo do bulbo piloso (raiz do pelo). Exemplos de epilação: cera, pinça, laser, luz pulsada, eletrólise.
A depilação consiste na remoção do pelo que se encontra rente à superfície da pele. Na depilação, a parte que se encontra abaixo da pele não é retirada. Exemplos: lâminas, cremes depilatórios, barbeadores.
Na depilação a laser, uma luz é emitida a partir do laser, sobre a melanina, provocando um aquecimento que destrói a zona germinativa do folículo piloso (a raiz do pelo).
O tratamento pode ser feito em todos os tipos de pele, e os resultados são vistos logo nas primeiras sessões.
A depilação definitiva a laser é um tratamento progressivo, cujo resultado pode ser muito bom, se as sessões forem feitas da maneira correta. Com o passar do tratamento, os pelos vão ficando mais finos e menos resistentes, e cerca de 80% deles tem seu crescimento bloqueado.

Marque sua consulta

Para quem?

  • Indicada para todas as pessoas que desejam acabar com os pelos ou diminuí-los. Também pode atuar como tratamento para hipertricose e hirsutismo (aumento de pelos em locais indesejados, como na região de barba nos homens).

Benefícios

  • Praticamente indolor;
  • Não causa reações alérgicas;
  • Resultados visívieis já nas primeiras sessões;
  • Diminui o escurecimento das regiões (axila, virilha);
  • Diminui/cessa a foliculite.

Contraindicação

  • Gestantes, lactantes, pessoas com transtornos cardíacos, portadores de marca-passo, cardiopatias não controladas, pessoas em tratamento com medicamentos fotossensibilizantes (que aumentem a sensibilidade da pele à luz ou ao sol), pessoas com lesões/alergias nas áreas a serem tratadas.